sábado, 2 de maio de 2009


Plano de aula

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Mudança do plano de curso

O porquê da mudança

Na comunidade “Porto Seguro” Paraisópolis existem duas ONGs que também servem como área de lazer pra comunidade o problema é que elas ficam fechadas depois das 17 hrs e nos feriados, e quando estão abertos quem se apropria do espaço para jogar bola são os mais velhos. Os menores ficam brincando no meio da rua, jogando Taco, descendo com papelão a ladeira correndo pra lá e pra cá, disputando espaço com carros, motos e caminhões, já da pra saber quem perde nessa briga não é? Não é difícil encontrar criança nas ruas que sofreram acidente enquanto brincavam...
e nos últimos mergulhos descobrimos que havia uma rua que cortava a favela e que hoje faz parte do terreno de uma mansão, olhando no “Google maps” é possível ver a viela mas ao vivo só um grande muro, essa espaço publico que hoje tem a grande utilidade de ser um jardim para uma mansão tem em média 5m por 50mque daria pra ser muito bem aproveitado pelas crianças na nossa comunidade...

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

impressões do mergulho na comunidade.

O que já esperávamos da realização do Mergulho?

eu espera encontrar dificuldade por estar sozinho, apesar de ser da comunidade, essas pesquisas normalmente são feitas em grupos.

O que nos surpreendeu na realização do Mergulho?

o que me surpreendeu foi o modo com que os moradores se prontificaram a responder as questões, chamavam até amigos proximos para responder também

O que já esperávamos encontrar nos dados levantados?

as queixas sobre as drogas, e também sobre a ocupação da policia nos ultimos dias.

O que nos surpreendeu em relação aos dados ?

a falta de conhecimento do trabalho de todas as ongs, na comunidade, não sabia como atuavam e os projetos realizados nas ongs

FICHA DIAGNÓSTICO LOCAL

2 – OBSERVAÇÕES DA COMUNIDADE

Município
são paulo Bairro paraisopolis Comunidade paraisopolis
Localização
Zona sul na região do morumbi
Data 18\02\2009
Observador
André Silas Paraizo da Silva

Descrição da comunidade:
as Casas em sua grande maioria de tijolos, grande maioria também de ruas asfaltadas, muitas ladeiras, uma comunidade bem segura, embora nos ultimos dias o climas esteja meio tenso, uma característica marcante esta nos contrastes com os bairros vizinhos (Morumbi, portal do Morumbi) que são muito ricos.

Descrição das atividades econômicas locais:
enorme comercio local, em sua maioria bares, cabeleleiros, e lojinhas, mas se encontra de tudo na comunidade, muitos moradores trabalham na parte de vendas, e aux de serviços gerais

Descrição das necessidades locais
espaços de lazer, e lixo são as maiores necessidades locais,

Associações existentes na Comunidade
de acordo com a união de moradores(dados não oficiais pois o Gilson presidente da união e sua secretaria estavam em reunião), entre 40 e 50 ongs atuam em paraisópolis, algumas com sede aqui mesmo na comunidade, e outras com sede fora, só atuando com projetos aqui dentro,
einstein, florescer, Pof posto de orientação familiar, barracão e etc


Programas de Desenvolvimento Comunitário
uma coisa que me chamou a atenção, foi que o pessoal conhece as ong falam muito bem delas, mas não sabem o trabalho que elas realizam, isso me faz pensar que as ongs de paraisópolis estão muito fechadas, que o trabalho fica realizado entre as paredes da ong e não sai para a comunidade,
mas alguns moradores citaram alguns projetos como: o projeto chance, que são aulas dadas por universitários da USP e outras faculdades, para a preparação dos interessados em realizar o enem e poderem ingressar nas faculdades


Observações Gerais
nesse mergulho de hoje através do questionário que foi passado para os moradores pude perceber que todos acham que a melhor coisa que tem no paraisópolis são as ongs, mas ninguém conhecia verdadeiramente o projeto dessas ongs.

Uma dificuldade que eu achei que ia encontrar era na resistencia do pessoal em responder o questionário, por falta de tempo, mas isso não aconteceu, pelo contrario 100 por cento dos moradores que eu pedi, atenderam prontamente o pedido e ainda chamavam algum amigo próximo pra responder também,
agora uma dificuldade que eu achei que ia encontrar e que encontrei foi minha timidez por estar sozinho, mas é uma coisa que eu tenho que trabalhar bastante ainda.